Livro do mês: Blood,  bones & butter

Livro do mês: Blood, bones & butter

Fiquei encantada com a biografia da Gabrielle Hamilton intitulada Blood, bones and butter: the inadvertent education of a reluctant chef  (Sange, ossos e Manteiga) de 2011 que terminei faz alguns dias. Mas o que a biografia de uma chef de cozinha tem a ver com finanças pessoais? Por mais incrível que possa parecer, tem muita coisa a ensinar.

A chef cresceu na área rural de uma cidadezinha do interior à beira do Rio Delaware nos Estados Unidos. Sua mãe era francesa, e diferente do que esperamos da dieta americana padrão, Gabrielle teve uma exposição à culinária francesa tradicional na infância. Era a caçula de uma família grande e enfrentou à difícil separação dos pais muito cedo. A partir desse momento, aos 11 anos, Gabrielle precisou aprender rapidamente a cuidar de si.

A frugalidade, a preocupação com o desperdício e o trabalho árduo ficam muito claros na sua personalidade. Nada parece ter chego com facilidade para a Gabriele, mas é muito inspirador e até gratificante, ver a sua história de esforço e dedicação ao trabalho, e um pouco de teimosia, ser bem sucedida.

Seu restaurante, Prune, em Nova York, é conhecido pelo foco no aproveitamento máximo dos ingredientes e também por servir uma gastronomia bastante tradicional claramente influenciado pelas experiências da Chef.

Outra coisa que a biografia aborda é o espírito empreendedor, a chef conta como tomou a decisão de abrir o seu restaurante movida pela paixão sem praticamente nenhum conhecimento prático das formalidades e demandas de abrir e gerir o próprio negócio. Imagino que muitos empreendedores se encontram em situação parecida quando iniciam, seja por paixão por uma ideia ou pela necessidade de se reinventar após a perda do emprego, por exemplo.

Com certeza vou levar as lições da Gabrielle para a minha vida. Recomendo a leitura!

Deixe uma resposta

Fechar Menu